PUBLICIDADE

Opinião do internauta: o fim do "Notícias da manhã"


Quando tomei conhecimento do fim do jornal Notícias da Manhã,primeiramente fiquei decepcionada como a maior parte das pessoas qu estavam acostumadas a acordar e já ligar a TV para assistir ao noticiário.


O jornal era leve, com pessoas que madrugavam antes da gente pensar em 

levantar da cama para ir trabalhar. Pelo visto a audiência nem deveria ser tão ruim  assim. Se fosse o repórter João Fernandes não diria, ao abordar uma entrevistada 


assistindo ao jornal pelo celular ou mesmo as pessoas não enviariam imagens do jornal para a Neila.Acontece que com a saída do César Filho, o SBT mostrou que tem medo de se reinventar e olhem que tem poder para isso. O SBT sabe se reinventar e se  reinventa muito bem. Quer uma prova disso? O SBT Rio, que é emissora sua. 



Quantos apresentadores já passaram por lá até chegar a Isabele Benito? Digo-lhe quais foram. Renata Affonso, primeira apresentadora, que ficou quatro anos no comando do jornal quando o SBT Rio era SBT Rio de Janeiro. Ela saiu e entrou o 



Marcelo Castilho, que ficou até a ida do Luiz Bacci para o Rio. Com o Luiz Bacci  ficou até o dia que ele saiu na calada para a outra emissora, que na intenção de ameaçar o SBT Rio de Janeiro por causa das constantes derrotas o levou para ela. 



Pronto era o fim do jornal? Não. Veio o Rogério Forcolen, de 2010 até 2013 quando  também saiu do já SBT Rio para a emissora carioca de Benfica (bairro do Rio, onde  está a outra emissora), ele também incomodava e muito concorrência. Pensaram que acabariam com o jornal. Mas eles já tinham testado a Isabele Benito, que se saiu muito bem e acabou substituindo-o definitivamente. Prova disso é que o SBT Rio vence direto a concorrência. E vocês pensam que as vezes que a Benito substituiu César Filho e a Neila, o jornal caiu para o terceiro lugar? Não. 



E o que acontece na sede? Medo de ousar? Veja se tenho ou não razão.

Ao chegar ao fim por causa da substituição repentina de apresentadores da 
outra emissora e um suposto aumento de audiência da concorrência com tal 
mudança, ficou notório o quanto a direção do SBT tem medo da outra emissora e ao deixar seu medo tão visível assim, delegou a concorrência dois grandes poderes: o poder da estagnação e o poder de influenciar nos rumos da sua programação, chegando muitas vezes a obrigar a direção do SBT a decretar a extinção do programa. E não é a primeira vez que isto acontece. Quem já pensou no também extinto SBT Notícias? Alguém na emissora da Anhanguera pensou em reformulá-lo antes de decretar seu fim? Não, lógico que não. Penso que se reformulassem os dois programas, ambos estariam no ar até hoje com a audiência bem melhor.


 Daniela, Marcelo Parada, Murilo Fraga, Fernando Pelégio e Silvio Santos, 

vocês têm inteligência e criatividade de sobra, mas precisam repensar no que vocês fazem com a programação do SBT, quem ama assistir ao SBT irá assistir sempre. 


Mas querem atrair audiência? Fazer com que o telespectador da concorrência ao zapear os canais com seu controle remoto ao parar no SBT gostem da programação e sintam-se bem? Repensem nas estratégias que estão usando para ganhar mais telespectadores e como consequência audiência e anunciantes.



Texto da internauta: Amanda Damasceno Soares.



Opinião aqui expressada é de responsabilidade do autor e não expressa a opinião do site,quer ter sua opinião aqui publicada?,entre em contato.